Dia Internacional dos Ciganos

romani-flag-2
Bandeira dos povos Rom, criada em 1933 e aprovada pelo World Romani Congress de 1971

O Dia Internacional dos Ciganos, comemorado a 8 de abril, assinala o primeiro encontro internacional de ciganos, em 1971 (Londres), celebrando a história e a cultura cigana, com o objetivo de sensibilizar para os problemas enfrentados pelos povos ciganos, os mais excluídos e discriminados na Europa, sofrendo elevadas dificuldades de acesso a bens e serviços básicos, como a educação, a saúde, a habitação e o trabalho. [+info]

A Associação de Mediadores Ciganos de Portugal (AMEC) não pode deixar de assinalar sempre este dia tão importante pelo seu significado para as comunidades ciganas portuguesas e do mundo, como forma de mostrar a realidade em que vivem, de dignificar a cultura e a pessoa cigana e de combater o estigma social que ainda hoje afecta de sobremaneira os ciganos portugueses.


Dia Internacional dos Ciganos 2018

Beja, 8 abril
Apresentação pública do Festival Diálogo na sede da AMEC e frente ao Mercado Municipal, com participação de diversas pessoas ciganas que se deslocaram ao evento e de um grupo de música cigana de jovens ciganos de Beja. Seguiu-se uma visita guiada ao Bairro das Pedreiras (área de acampamento), onde houve festa, com música e danças pelas pessoas do acampamento. No contexto destas iniciativas, a CMTV fez uma reportagem no Bairro das Pedreiras, com entrevistas a moradores da zona de acampamento.


 

Maia, 7 abril
Representação institucional e presença com um stand de informação da AMEC na Feira Intercultural Maiata. Sua Excelência o Presidente da República Portuguesa, Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa visitou o evento, bem como a Sra. Secretária de Estado da Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro. Dirigindo-se em particular à comunidade cigana, o Presidente da República lembrou a passagem do Dia Internacional do Cigano, reafirmou-lhes a sua pertença indiscutível à portugalidade e também o seu empenho pessoal na definição de uma nova estratégia de integração das comunidades ciganas.

Maia7abril2018
S. Ex.ia o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa visita o stand da AMEC

Dia Internacional dos Ciganos 2016

Beja, 8 abril
O Alto-comissário para as Migrações, Pedro Calado, e o presidente da AMEC, Prudêncio Canhoto, firmaram Protocolo de Cooperação entre o ACM e a AMEC Portugal, assinado na Casa da Cultura de Beja, num momento representativo da “unidade na diversidade”; com a presença da comunidade cigana, que aderiu em peso às festividades alusivas à efeméride. O programa comemorativo incluiu uma demonstração musical da cultura cigana, um pequeno mercado participado e feira do livro reutilizado, uma exposição de fotografia e livros sobre “comunidades ciganas”.


backarrow