Mediação junto das comunidades ciganas

pedreiras 12.jpgA AMEC tem vindo a centrar a sua ação direta de intervenção local mormente no distrito de Beja. Desde a fundação da associação em 2014 e na continuidade do trabalho iniciado em 2009, dado que o Município de Beja tem vindo a contratualizar o serviço de mediação através de programas de incentivo à colocação de mediadores municipais ciganos, embora com alguns períodos de interregno durante os quais a AMEC não deixou de cumprir a sua missão de mediação junto desta população.

O ano de 2019 trará uma nova dinâmica a esta área, com mais de 50 novos mediadores(as) em exercício por todo o país, na medida em que o ACM acaba de aprovar as candidaturas ao Programa de Mediadores Interculturais e Municipais. A Câmara de Beja viu aprovada a sua candidatura ao POISE- Programa Operacional de Inclusão Social e Emprego, para o projecto de Mediadores Municipais e Interculturais. Com duração de 3 anos, o projecto envolverá uma IPSS para além da autarquia e permitirá, entre as várias acções, a contratação de Mediadores de comunidade.

Em janeiro de 2018, a AMEC assinou Protocolo de colaboração com a C. M. de Castro Verde, para mediação das comunidades ciganas através de acompanhamento presencial mensal, atendimento e mediação junto da comunidade cigana do concelho de Castro Verde.

A AMEC tem também prestado ajuda em outros municípios na região do Baixo Alentejo e um pouco por todo o país.

Simultaneamente, a AMEC assume a sua dimensão nacional, em defesa das comunidades ciganas de Portugal e para promoção da ação dos mediadores comunitários ciganos.

A associação tem como fins representar os mediadores ciganos portugueses; promover a acção de mediadores nas áreas de educação, habitação, saúde, formação; emprego e gestão de conflitos. Estabelecer parcerias com organizações nas suas respectivas áreas de actuação, ao nivel local, nacional e internacional, nomeadamente através da celebração de protocolos e elaboração de pedidos de financiamento. Promover a formação de novos mediadores; Promover a continuidade da formação para os mediadores; Promover a cultura cigana; Criar uma bolsa de mediadores; Promover eventos e encontros na área da mediação; Facultar apoio jurídico.


backarrow